CARTA AO ESTUDANTE DE MEDICINA

Esta carta vai te mostrar TODO O SEU PERCURSO como estudante até autoridade profissional. Não ler e absorver profundamente este documento pode deixar você vulnerável à várias armadilhas que podem te esgotar, e que talvez o façam até desistir da profissão.

Dentro da sua rotina extenuante de horas de estudo, das preocupações com as disciplinas e habilidades que você está aprendendo ainda estarão entre as suas preocupações futuras: escolher a sua especialidade, selecionar as melhores residências, passar nos futuros exames, concluir suas especializações, conseguir um trabalho, abrir o seu consultório, não depender de planos de saúde, se tornar autoridade do mercado sem depender de terceiros, atrair os  primeiros pacientes, e ter segurança para oferecer o diagnóstico correto. E o que eu vou te explicar agora pode te ajudar a resolver a maior parte destes problemas, e realmente deixará você à frente de todos os seus colegas, se for inteligente.

Você vive hoje uma realidade da profissão médica que se desenrolou muitas vezes na história, mas que teve um marco importante na história em 1922, no Congresso Nacional dos Práticos, onde se definiu o posicionamento e a valorização do profissional hoje. Eu poderia explicar exatamente o que aconteceu nesse congresso, mas para explicar isso, eu vou contar uma história de infância, muito mais simples e compreensível.

Quando eu tinha por volta dos 12 anos, o meu tio era despachante, ele cuidava da documentação de praticamente TODOS os carros que entravam e saiam do DETRAN. Ele ganhava muito bem, tinha muita autoridade no mercado e se sentia confortável. Mas veio a internet e varreu a sua profissão do mapa. Ele não viu a onda do mercado e não se reposicionou. Perdeu completamente o status e a renda.

Todas as profissões, sem exceção, estão sujeitas a flutuações de posicionamento e valor com o decorrer do tempo. E nesse percurso pode acontecer duas coisas negativas com a sua profissão. 1. Ela pode desaparecer, por questões de tecnologia e necessidades da sociedade. 2. Ela ser desvalorizada com o tempo, perder a importância. 

Não precisa ficar em pânico excessivo e achar que a medicina pode desaparecer, mas sim entender as flutuações de valorização da profissão e como você vai dominar o futuro sabendo disso. 

 

O Google disponibilizou as informações que antes vinham somente de dentro de um consultório e deixou na palma de nossas mãos. E isso reduziu uma parcela considerável da AUTORIDADE DO MÉDICO, e diminuiu a sua importância no processo como um todo. Pois muitas vezes, os pacientes têm a percepção de que são mais autoridade do que o médico e que possuem a solução para os seus problemas, então o médico se torna apenas um prescritor de receitas. Isso somado ao crescimento do número de profissionais no mercado fez os pacientes sentirem que possuem mais opções, além do médico do seu bairro.

O futuro que você deve evitar é a desvalorização do profissional, o que pode significar para você cada vez mais horas trabalhadas pela mesma recompensa. Ir contra a sua vontade, trocar horas de descanso, de lazer, de tempo com a família por plantões. Fazer tudo isso para alcançar os seus objetivos pessoais, uma casa, um carro, e por consequência se alimentar mal, ser consumido pelo stress, pelo desgaste físico e emocional.

É provável que agora você se sinta pressionado até pela concorrência dos colegas para ingressar nas residências. E futuramente, irá sentir que vai estar num mercado saturado, massificado pelo tamanho crescente da classe. Eu vou tranquilizar você agora com uma informação que poucos sabem, mas que é muito valiosa

Entenda bem isso. Um segmento massificado NÃO é um segmento que tem muitos profissionais atuando nela. Uma área se torna massificada quando muitos profissionais utilizam da mesma imagem para se identificar, eles são muito semelhantes e parecidos. Então, o consumidor, olhando de fora, não vê profissionais realmente diferentes. Portanto, na visão dele, tanto faz escolher um ou outro. E na mente dele, não justifica pagar mais caro, valorizar mais se aparentemente são iguais. E invariavelmente ele vai escolher o mais acessível. Perceberam o cerne da questão? Faz sentido para você?

E agora começamos a chegar na mensagem que você precisa absorver profundamente, se for inteligente. Perceber que a sua imagem como profissional será tão importante quanto o seu conhecimento técnico. E a imagem que você criar será um ponto crucial para o seu sucesso num futuro próximo. E neste percurso que você está agora, você tem duas opções, ou você cria um POSICIONAMENTO-CÓPIA ou cria uma IMAGEM ÚNICA, totalmente autêntica. E você irá carregar este posicionamento por anos, talvez a vida toda se não compreender bem o processo. E nenhuma ferramenta nova que você aprender, seja de rede social, seja de anúncios, vão te tirar deste problema. Caso você escolha ter um posicionamento-cópia. Você irá gastar muito mais energia, tempo e dinheiro tentando se destacar.

Mas afinal, o que é POSICIONAMENTO-CÓPIA? 

No início da sua escolha profissional, quando decidiu o que exercer e a construção de toda a sua idéia, muito provavelmente você se inspirou, talvez no seu pai, ou outro familiar, talvez em um professor. Ou até mesmo em um profissional que você admira, que já esteja em posição de grande relevância e destaque. E inconscientemente, tendemos a recriar e tentar seguir a imagem deste profissional. Ou seja, você tem uma REFERÊNCIA. Alguém para seguir os passos. É natural, pois ele deu certo. E esse é o motivo principal pelo qual as classes profissionais ficam tão parecidas, observe a sua classe, observe os advogados, e tantas outras classes, e verá que todos eles tem uma linha de raciocínio linear baseado em referências para desenhar o seu próprio trabalho e a sua imagem, as referências. Essa é a primeira grande armadilha que você deve estar alerta para não cair. Pois muitos de seus colegas também estão seguindo estas referências, e anos depois, todos estarão muito semelhantes. Será tarde demais, e você se verá em um mercado saturado.

Milhares de profissionais hoje se encontram nessa situação, se sentem tão parecidos, fazendo as mesmas coisas, com identidades tão parecidas, e agora desesperadamente não sabem o que fazer para se destacar.

A sua imagem vai te acompanhar em todas as situações profissionais. Ela será determinante para a sua maior valorização frente ao paciente, a sua velocidade de crescimento, o seu status, valor do salário-hora, facilidade de ingresso em processos seletivos, convites para participar de congressos, inserções na mídia, estabelecer parcerias, integrar comissões, instituições, cargos executivos, e finalmente irá impactar o seu faturamento e resultados. E invariavelmente somente se você souber demonstrar e gerar valor sobre o seu trabalho vai atingir seus objetivos.

Pare um minuto agora para fazer um cálculo rápido, isso vai te ajudar muito a ter perspectiva de todo o cenário. Qual é a quantidade de horas que você estuda por dia? Seja da faculdade ou da sua especialização. Qual o valor da mensalidade do curso que você está fazendo? quais os gastos mensais adicionais? Agora multiplique para calcular todo o seu tempo de formação, desde o início. Esse será o seu investimento de energia, tempo e dinheiro em todo o seu conhecimento técnico

Dependendo da faculdade, esse valor pode se aproximar de 500 mil ou até de 1 milhão de reais. Imagine agora um gráfico com duas barras como este abaixo. A primeira barra representa o seu CONHECIMENTO e experiências acumulados e tudo o que investiu para adquiri-lo, as horas de estudo, trabalho, dinheiro, energia e tudo que abdicou para conquistá-lo. E a segunda barra é a sua IMAGEM. A sua imagem representa o quanto você sabe demonstrar o seu conhecimento, o quanto sabe se valorizar, e se vender como profissional. 

A imagem profissional só tem uma função: construir autoridade para valorizar o seu conhecimento. Não ter uma imagem seria como ter uma obra de arte escondida no fundo do mar, que não se pode observar, ou um tesouro, que não se pode utilizar, seria inútil. A imagem é somente uma ponte entre o seu conhecimento e o mundo, e quanto melhor desenhar ela, mais pessoas poderá ajudar e mais resultados e frutos colherá.

O maior risco que você pode correr é terminar a sua formação e estar com estas duas barras totalmente desequilibradas, com muito conhecimento e baixa capacidade de gerar valor. E isso irá atrapalhar você em todas as situações profissionais que você precisa demonstrar seu valor para atingir seus objetivos, seja na internet ou presencialmente. E infelizmente, você vai desperdiçar todo o investimento que fez em conhecimento por não saber criar o seu próprio posicionamento, de nada irá valer ter tanto conhecimento se não souber gerar valor sobre ele. E quando chegar o momento de carregar nas costas o seu próprio consultório, terá que aprender muito rápido num momento em que pesam muitas outras preocupações, contas para pagar, falta de tempo com toda a logística, investir em infra-estrutura, às vezes equipamentos que custam mais de 100 mil reais, etc. E irá descobrir a duras penas que a venda e o marketing são vitais para sustentar toda a estrutura.

E a área cinzenta é o potencial que você não explorou, que está somente aguardando você dominar a projeção dele para te dar os resultados que você deseja e as possibilidades de avançar e se desenvolver. É o seu tesouro escondido.

Milhares de profissionais hoje vivem essa situação. Tentando correr atrás do atraso do desequilíbrio desse gráfico, mas esse reequilíbrio não acontece de uma outra pra outra. Há uma curva de aprendizado, de adaptação. Ele precisa aprender, se desenvolver, se expor, até que domine a engenharia do posicionamento. Querer aprender de uma hora pra outra, com um curso rápido, seria como aprender aulas básicas e conduzir uma cirurgia no mês seguinte. 

E por essa idéia errada, muitos se tornam reféns de agência de marketing, acreditando que ela resolveria tudo, e gastam seu tempo, dinheiro e energia na esperança de que eles pudessem fazer tudo. Pense bem, sem experiência você não tem habilidades e entendimento o suficiente para coordenar uma cirurgia, mesmo que esteja coordenando uma equipe experiente. Você daria uma obra a fazer direto para o pedreiro, sem passar pelo arquiteto? Se estes profissionais experientes pudessem lhe dar um conselho, certamente seria para começar o quanto antes a dominar a arte do posicionamento. Para não passar pelas situações indesejadas que passaram, mas principalmente para ter uma evolução mais rápida, e assim, tudo seria mais fácil.

Você deve começar agora, a sua evolução será exponencial e na mesma medida que souber gerar valor sobre o que aprende, não existe idade ou estágio certo para se tornar um profissional notório, um estudante reconhecido, com um futuro brilhante. E você irá sentir que economizou muitos anos de esforço para chegar onde queria, e vai colher os frutos antes do que imagina. Muitos profissionais precisam até trabalhar para sustentar os estudos, e muitas vezes se desviam da profissão para buscar sustento em outros empregos, ou atividades que não seja exatamente aquilo que querem desenvolver no futuro.  Assim como fazem plantões em áreas que não gostariam para sustentar o seu sonho. E como desenvolver agora aquilo que mais desejam e ainda serem pagos por isso? Esse é o caminho.

E para que você comece agora, eu preparei um espaço de estudo GRATUITO com vídeos, áudios e lições básicas e avançadas que eu dou para os melhores médicos que eu treino e cada dia se tornam mais referência. Basta se cadastrar e acessar. Lá você vai encontrar algumas aulas como:

O espaço do Estudante de Medicina.